sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

1º Encontro Público Jovens Urbanos Lajeado

Vídeos produzidos pelos jovens do IPJ para o 1º Encontro Público Jovens Urbanos do Lajeado.
O 1º vídeo (Expo-JU), mostra uma exposição feita em Dezembro de 2008, onde os jovens discutiram a questão: "Existe arte em Guaianases"?
O 2º vídeo ("Realidade Urbana"), produzido pela turma da manhã (educador Pedro), fala sobre os moradores em situação de rua da região do Lajeado.
Os jovens buscam discutir qual o olhar que temos em relação as pessoas que vivem nessa situação, com imagens e falas de moradores em situação de rua e também de outros moradores da região.
O 3º vídeo ("Funk - O ritmo que virou polêmica nacional"),produzido pela turma da tarde (educador Vandei), levanta uma polêmica em relação ao ritmo musical funk, sobre suas letras e a sua influência sobre a juventude, com um recorte de depoimentos e opiniões de meninos e meninas do PJU.


video
Vídeo da Expo-JU.

video
Vídeo "Realidade Urbana".

video
Vídeo "Funk - O ritmo que virou polêmica nacional".

5 comentários:

Jovens Urbanos disse...

Estes Jovens Urbanos!!!
Estão arrebentando em tudo, parabéns aos Educador: Pedro e Vandeí.
São os votos da Plugados na Educação.

Ass. Vander Clementino Guedes
Educador dos J.U. -Tarde
ONG Plugados na Educação.

Jovens Urbanos disse...

E também, é CLARO
aos Jovens Urbanos do IPJ.
Sem vocês nada disso estaria acontecendo...
Vocês são as pessoas essenciais para todos estes movimentos e trnsformações que estão e irão acontecer em Guaianases e Lajeado daqui pra frente...
Abracios a todos (as).

Vander Clementino Guedes
Educador dos J.U. -Tarde
ONG Plugados na Educação.

Helena - CENPEC disse...

BOA..............Agora revi com o som um mpouco melhor!!!!!!!!!!! Muito bom... Animal!!!!

E esse corte de cabelo é MUITO legal!!!!!!!!!!

Parabéns para todos vocês!!!!!!!
Amei

♪ d Ə Đ ¤ Ξ $ Җ җ Җ Ŋ Ң φ ♫ disse...

Achei que o segundo vídeo, o Realidade urbana ficou muito em mostrar a miséria das pessoas que vive na rua e suas condições de vida. Creio que o vídeo ficaria muito melhor se vocês fossem mais objetivos na hora de capturar as imagens e se focasse em um roteiro abordando o problema pela perspectiva das pessoas. Sinceramente o vídeo só me fez ter pena das pessoas, mas nenhuma vontade de me mobilizar para fazer alguma coisa por elas. Esse é o problema de mostrar excessivamente o problema, ele acaba dessensibilizando as pessoas que irão assistir, pois todas tem o seus problemas [pelo menos é o que a maioria alega]. Era esse o toque.

O vídeo do funk ficou bom, mas parece que todo mundo que disse que não gosta do funk está todo sábado lá no nação tantan [ou qualquer outra casa do gênero] ouvindo as músicas que condena no vídeo. Se estiver errado me desculpem, mas é o que pareceu pra mim.

Os vídeos, no geral ficaram legais, eu gostei.

Parabéns.

Vander disse...

Muito bem galera Parabéns