segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Semana de 03-04-05 de Novembro


No encontro deste dia 03/11, através de uma “roda viva” (dinâmica de discussão) foi levantado questões referente a exploração no centro da cidade, trazendo a discussão das diferenças, semelhanças, grupos, diversidade na cidade.
Os jovens falaram de suas impressões sobre a diversidade no centro da cidade.
“Na praça da Sé tinha um grupo de ciganos querendo ler nossas mãos” (Moacir), “Eu gostei muito da estrutura da Igreja da Sé, muito linda” (Guilherme), “O que me chamou atenção foi a estátua do “Jesuíta” no meio da praça e os mendigos que dormem perto”, (Dauster), “Eu gostei e me identifiquei com a galera do Hip Hop na galeria do Rock”, (Aline), “Eu gostei dos penteados, das tranças, na galeria afro” (Paloma), “Eu me identifiquei com algumas roupas, mas não sou Roqueira nem sou Emo, eu gosto é de música japonesa” (Jéssica), “Eu gostei da aula de dança junto com o grupo dos idosos na galeria do Rock” (Artur).
Durante a conversa com os jovens foi lido um texto sobre “Diversidade” (extraído da revista Mundo Jovem) levantando questões sobre preconceito e intolerância em relação a etnias, estilos de se vestir, etc...
Os jovens se manifestaram falando sobre a questão da diversidade na cidade e principalmente dentro do grupo do jovens urbanos - IPJ, com o exemplo da Jéssica (escrito acima), os jovens discutiram sobre a questão de serem julgados pela aparência, pelas roupas, já que a maioria achavam que a Jéssica por se vestir de preto, era Roqueira ou Emo.
A exploração no centro da cidade, principalmente a passagem pela galeria do rock e a aula de dança (improvisada) na galeria Olido, foi um disparador na questão da diversidade no grupo.
Na segunda parte do encontro os jovens receberam o grupo de jovens urbanos da “Casa dos Meninos”, que estavam fazendo uma exploração pelo centro de Guaianases.
A tarde foi finalizada com brincadeiras de entrosamento entre os dois grupos e um bate papo sobre as expectativas dos dois grupos em relação ao PJU.
Aproveitando a discussão sobre a diversidade, na quarta-feira o grupo fez uma exploração no Museu Afro no parque do Ibirapuera.
A exploração no museu foi um pouco prejudicada devido ao pouco tempo no museu (distância, trânsito),mas de qualquer forma os jovens aproveitaram ao máximo o pouco tempo no parque e no museu, vamos aguardar para ver o que vem dessa exploração.
Na quinta-feira os jovens juntamente com as turmas da Avib, Casa dos Meninos e CJ-Avib, (mais ou menos 100 jovens) lotaram o auditório do Ceu Lajeado para assistirem o filme “Escritores da Liberdade”.
Vamos aguardar na próxima semana para acompanhar a discussão que os jovens iram trazer sobre o filme e a exploração no Museu Afro.

Vandei Oliveira
Educador – PJU-IPJ

4 comentários:

Camila Condini disse...

Olá, Querido!
Tenho lido o blog e me inspirado muito na construção dos meus próximos trabalhos.
Queria dar meus parabéns pelo trabalho que vocês, aí do IPJ desenvolvem, de forma tão comprometida.

Um beijo grande,

Edson Martins disse...

Aí gente!
Parabéns pelos trabalhos até aqui, especialmente pela diversidade de ações, com dinâmicas, produtos, explorações, discussões dos referenciais.
Gostaria de ler aqui um pouco das falas dos própriosjovens...estas falas estão previstas? Ah...só para lembrar..nesta semana temos um momento da maior importância: a discussão do planejamento dos jovens. Tá todo mundo mobilizado para participar por aí?

Aquele abraço, gente! E parabéns!!!

Edson

wellingtom disse...

“Eu gostei da aula de dança junto com o grupo dos idosos na galeria do OLIDE”
Eu gostei também da praça da sé e feirinha na praça eu achei massa, show de bola, a dança dos meninos e das meninas foi muito engraçado o show...adoro muito (WELLINGTON DIVINO)...........

bonde das fogosas disse...

Bom acheiii esse passei muito legal gostaria de ir galerase quizer chamar pode hem rsrsrsrsrsrs a gente ainda vai ter oportunidade de se tronbar ainda e qualquer dia a gente se ver okkk falo e so pra deixar um comentariooo...um grande abraço.